sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

O MANUSCRITO DA SOBREVIVÊNCIA - Parte 260 . Janeiro 29, 2013


1.Se notaram ultimamente, como tantos outros, verificaram que há muitas ocorrências interessantes a começar a acontecer. Como de costume, as mudanças porque esperaram tanto tempo ainda não se manifestaram no exterior; pelo contrário, elas são perceptíveis no interior. Sabemos que para muitos, realmente isto pode ser frustrante, porque todos anseiam resultados tangíveis de todas estas atualizações energéticas intensas que têm estado a receber há tanto tempo. Deixem-nos dizer que, em breve, irão ver como esses efeitos internos começarão a multiplicar-se, e com eles, a percepção de que, apesar de tudo, as mudanças externas que têm estado a procurar em vão, podem não ser a parte mais importante deste processo.

2. Deixem-nos explicar: Como, de muitas maneiras, vocês entraram num terreno novo, o que ainda vêem à vossa volta é apenas um remanescente prolongado do que deixaram para trás. No entanto, ainda há muitas coisas que vos ligam ao velho mundo e a todos os aspectos práticos e, na verdade, todas as dificuldades práticas do sistema monetário são realmente uma delas. Mas vamos pôr este assunto de lado por um momento e concentrarmo-nos no que está para surgir. Nomeadamente na compreensão de que o novo mundo em que entraram, pois literalmente mudaram do ano velho para este novo ano de 2013, irá começar a manifestar-se de maneira mais tangível do que têm visto até agora.

3. Ainda estão mais ou menos a flutuar sobre o chão deste novo mundo e, como tal, não foram capazes de se ancorar suficientemente no nível energético novo em que entraram. De facto, é uma parte importante deste processo e não é nada que possa ser causa de alarme para nenhum de vós, embora esta sensação de estar desligado possa, por vezes, ser mais do que enervante. Vêem? Sentem-se todos como se fossem, de algum modo, deixados lá fora ao frio, e a razão para tal é a separação clara que aconteceu. Por outras palavras, foram separados do velho, mas como ainda estão nesse vazio aparente, no entanto, completamente ligado ao novo, podem ter um tempo difícil para encontrar um fundamento em tudo. Especialmente porque todos, na vossa vida diária, sentem a atração do velho. Melhor dizendo, sentir-se-ão frustrados com este vácuo energético que parece ter-se formado à vossa volta, por isso, estamos aqui para dizer que não é nada com que se devam preocupar.

4.Sabemos que, para alguns, as nossas palavras serão lufadas de fumo, porque esta sensação de mal-estar, irritação e mesmo de falta de importância parece ter crescido ultimamente de uma maneira alarmante. Portanto, tornamos a recordar-vos que tudo está bem e que estão perfeitamente prontos para o próximo passo da vossa jornada. E mesmo que este período possa parecer um pouco instável, não apenas para a vossa mente, mas também para o vosso corpo, saibam que em breve começará a dissipar-se porque todos, de alguma maneira, terão um vislumbre da superfície deste novo mundo do qual vos sentis um pouco desligados. Porque as vossas raízes já estão a começar a procurar o fundo e, pouco a pouco, pedacinho a pedacinho, irão começar a sentir a ligação forte que vos espera. Porque então, finalmente ireis sentir que realmente chegaram a casa, e os vossos corações irão erguer-se de novo quando sentirem este surto de boas vindas a começar a passar através da totalidade do vosso ser. Mas até lá, lembrem-se de não se censurar sempre que se sentirem cair sob o fascínio do vazio. Porque na verdade, é um lugar poderoso e pode deixar-vos quase impotentes. Saibam que isto não é verdade, porque todos obtiveram os vossos poderes, mas ainda tem de ser permitido que “toquem o chão” da vossa nova casa e, de momento, os vossos poderes parecem ser quase inexistentes. Mas vai mudar, porque ser-vos-á permitido enviar as primeiras radículas para o novo solo que vos espera, e então começareis a sentir como os vossos poderes farão com que sejam ouvidos de novo.

5. Tornamos a dizer que isto não é, de modo algum, um sinal de que estejam desligados de tudo devido às vossas ações ou ausência delas. Longe disso. Este passo no vazio é uma parte importante do processo, pois precisam deste período para reiniciar e tornar a voltar depois da longa imersão no mundo da terceira dimensão antes de tornar a ligar-se, literalmente, não só com o vosso verdadeiro eu, mas também com a vossa nova casa. Por isso, não demorará muito a que se sintam mais em casa, não só nos vossos corpos físicos, mas também dentro da vossa própria grandeza. Até lá, permitam-se falar alto e veementemente se assim necessitarem. Não há necessidade de reter quaisquer emoções negativas que possam surgir, por isso, deixam-nas passar através de vós de modo a deixar sair algum vapor de frustração que se irá inevitavelmente construir neste limbo em que, presentemente, estão inseridos. E recordem que, em breve, estão quase a sair desse vazio e a ligar-se verdadeiramente pela primeira vez em milhares de milhares de anos.


Canal: Aisha North

Webpage: Aisha North – Channelings and Words of Inspiration

Tradutora:Maria Luísa de Vasconcellos

Email: luisavasconcellos2012@